Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2020

IMPLANTE COM CIRURGIA GUIADA

É uma técnica em que os implantes dentários são instalados de uma forma menos traumática e na maioria dos casos não há cortes na gengiva proporcionando uma boa recuperação. 
O paciente realiza uma tomografia computadorizada, e através de um software o cirurgião dentista estuda as imagens em 3D realizando um planejamento virtual minucioso da cirurgia. Depois é confeccionado um guia cirúrgico de alta precisão que tem por objetivo permitir a instalação dos implantes dentários sem cortes na gengiva do paciente. Em alguns casos, a prótese pode ser instalada no mesmo dia.
A cirurgia guiada é realizada sempre depois dos estudos clínicos, da tomografia e modelos do paciente. E se apresentarem condições ósseas satisfatórias (espessura e altura) estará apto para realização da cirurgia.
Vantagens: 
1. Planejamento da cirurgia e a prótese no software.  2. Menor tempo cirúrgico  3. Menos invasivo  4. Menor risco ao paciente  5. Melhor recuperação no pós-operatório. 
Consulte a possibilidade de realizar ess…

IMPLANTES DENTÁRIOS

O QUE É IMPLANTE OSSEOINTEGRADO?
Implante é um cilindro confeccionado de titânio, que através de uma cirurgia é colocado no tecido ósseo, funcionando como se fosse uma raiz artificial e como um pilar para instalação de uma coroa dental que deve ter o aspecto de dente natural e é fixado sobre o implante ou parafusado no implante.O titânio é um material biocompatível, sendo inerte ao organismo e não provoca rejeição. Este cilindro contém na maioria das vezes roscas externas para se fixarem ao osso, melhorando a osseointegração e roscas internas onde deverá abrigar outro parafuso que serve para unir a coroa protética ao implante.


AS VANTAGENS DOS IMPLANTES DENTÁRIOS
As vantagens dos implantes são várias, além de substituírem os dentes perdidos, seja por cárie, por fratura ou por problemas gengivais, melhora a função mastigatória, a estética e a fala, tornando o indivíduo mais confiante de si.A intervenção cirúrgica é apenas no local do dente ausente, sem necessidade de desgaste dos outros d…

CÂNCER DA BOCA - UMA FERIDA QUE NÃO CICATRIZA

Câncer da boca se desenvolve em qualquer uma das partes que constituem a boca. O câncer de boca pode ocorrer nos lábios, gengivas, língua, nas bochechas, palato, assoalho da boca, garganta e faringe.

Os sinais e sintomas do câncer de boca podem incluir:

- Uma ferida que não cicatriza
- Um caroço ou espessamento da pele ou mucosa da boca
- Uma mancha branca ou avermelhada no interior de sua boca
- Dentes soltos
- Dentaduras mal ajustadas
- Dor na língua
- Dor na mandíbula ou rigidez
- Dor e dificuldade ao mascar
- Dor e dificuldade de engolir
- Garganta inflamada
- Sensação de que algo está preso na garganta Qualquer ferida na mucosa bucal que não cicatrize pode ser dolorida ou não, em um período de 4-6 semanas deve ser investigada no sentido de excluir o diagnostico de uma lesão maligna.
O cigarro e o consumo excessivo de álcool são os principais fatores de risco para o desenvolvimento do câncer, mas também provocar a falta de higiene bucal, próteses mal adaptadas exposição ao sol sem proteção.

VOCÊ SABIA QUE ANTIBIÓTICO NÃO ENFRAQUECEM OS DENTES

Você já deve ter ouvido falarem por aí que o uso de antibióticos pode estragar os dentes. Os antibióticos utilizados para combater diversas doenças infantis, têm a fama de serem grandes inimigos dos dentes fortes e bonitos. No entanto, apesar de essa lenda ainda ter muita força e ser usada como desculpa para justificar dentes mal cuidados, a história não tem muito fundamento. Só existe um tipo específico de antibiótico que pode fazer mal para a estética dental, as tetraciclinas. Esses medicamentos podem manchar e até alterar a cor dos dentes (deixando-os acinzentados), principalmente entre o quarto mês de vida intrauterina até aproximadamente os sete anos da criança (quando os dentes ainda estão em formação), mesmo consumido em pequenas doses. E mesmo sendo comprovado que esse tipo de antibiótico prejudica o esmalte dos dentes, também já foi constatado que eles em nada alteram a estrutura dental nem tem qualquer relação com outros problemas bucais. Antigamente, quando os efeitos da tetra…

DOENÇA PERIODONTAL

Doença periodontal é o comprometimento dos tecidos periodontais (gengiva, osso e ligamento periodontal) pelo processo inflamatório, que leva à reabsorção do osso que está ao redor das raízes dos dentes, diferente da gengivite não há alteração óssea, pois a inflamação só atinge a gengiva. 
O sinal mais característico da doença periodontal é o sangramento, mas devemos estar atentos também para: alterações na posição dos dentes, mobilidade, retrações gengivais, retenções de alimento, inchaço etc. 

Ao perceber sangramento durante o uso do fio dental ou a escovação, não devemos suspender o procedimento de limpeza, pois o sangramento denota a presença de bactérias nessa região e, dessa forma, é conveniente continuar com o uso do fio e escovação na tentativa de removê-las.
Não existe medicamento para o tratamento desta doença, o único tratamento é a remoção mecânica da placa bacteriana aderida ao dente. 
A placa bacteriana mineralizada aderida ao dente é a única causa da doença periodontal, poré…

SEGREDOS PARA DENTES SAUDÁVEIS E BONITOS

1. Realizar escovação adequada





2. Passar fio dental

3. Visitar seu dentista regularmente

Nossas unidades: Av. Sapopemba, 5732 Vila Guarani Rua: Baquiá, 100 Vila Carrão (11) 2911-5133

IMPORTÂNCIA DA VISITA PERIÓDICA AO DENTISTA

Manter um sorriso saudável e bonito é uma boa maneira de você ficar bem consigo mesmo. Gostando mais de sua aparência, você estará mais seguro para enfrentar o dia-a-dia. 
Ao visitar seu dentista você está prevenindo doenças que podem ser diagnosticadas no seu estágio inicial, como:

Cárie: pode ser detectada nos estágios iniciais, evitando assim cáries maiores e até um possível tratamento de canal.

Gengivite e doença periodontal: quando temos sangramento da gengiva durante a escovação ou sangramento espontâneo, podemos ter a gengivite que é a inflamação da gengiva , que em alguns casos pode evoluir para uma doença periodontal que é a perda da estrutura óssea e causa de retração gengival.

Problemas cardíacos: poucas pessoas sabem, mas algumas bactérias presentes na região bucal podem atacar o coração. A endocardite bacteriana é causada por processos infecciosos que pode ter origem na boca e causar a proliferação de bactérias nocivas ao organismo principalmente o coração.

Prevenção de câncer…

CIGARRO X SAÚDE BUCAL

Cigarro é responsável por 95% dos casos de câncer de boca. Fumar causa males à saúde e provoca diversos danos à saúde bucal, 95% dos pacientes com câncer de boca fumam, as chances de desenvolver um tumor bucal aumentam entre os fumantes por causa da composição do cigarro, cerca de 4.700 substâncias tóxicas dessas 60 são cancerígenas.

 Além disso, ao tragar estas substâncias, a probabilidade de desencadear outros tipos de câncer é maior, já que as vias aéreas como laringe, esôfago e pulmão também ficam comprometidas.Os dentes e as gengivas são outros prejudicados por quem fuma as toxinas do cigarro agem da mesma forma na gengiva. Basicamente, é a mesma ação que leva ao câncer de boca.

O cigarro danifica a estética dos dentes, o que acontece é que os ossos perdem a sustentação óssea fazendo com que a gengiva retraia, criando aqueles espaços escuros entre os dentes

O esmalte dos dentes também é atingido pela nicotina, causando o escurecimento deles. Outro agravante, é que o cigarro atrai o…

PERI-IMPLANTITE

A peri-implantite é a infecção que acomete os tecidos duros (osso) e moles (gengiva e mucosa) ao redor dos implantes dentários. A peri-implantite é semelhante à periodontite (infecção que acomete o osso, gengiva e mucosa ao redor dos dentes), ambas causadas por bactérias da boca. Vale ressaltar que não se trata de rejeição ao implante. A maior causa de perda dos implantes dentários é a infecção (peri-implantite).
A peri-implantite inicia-se pela inflamação da mucosa peri-implantar ao redor do implante, causada por falha na higiene bucal. Se a causa persistir (má higiene bucal), há a possibilidade da formação de cálculos dentários (tártaros), que podem infiltrar entre a gengiva e o implante e causar a perda de osso ao redor do implante.
Os sintomas da Peri-implantite são gengiva vermelha, lisa, inchada e com sangramento, nos casos iniciais da doença. Em casos avançados, há a presença de pus, com sangramento abundante, halitose, perda de inserção da gengiva, retração gengival, perda de osso…

PIERCINGS NA BOCA

O que é um piercing na boca?
É qualquer tipo de piercing que pode ser na língua, nos lábios ou nas bochechas. Nos anos mais recentes, os piercings na região da boca têm se tornado uma forma de expressão individual. Como o piercing na orelha, os brincos e anéis de metal colocados na boca são de diferentes estilos e compreendem peças como pinos, tarraxas e argolas. Mas o piercing colocado na língua, lábios ou bochechas envolvem riscos maiores do que os colocados na orelha. Antes de perfurar qualquer parte, dentro ou fora da boca, converse com seu dentista.



Quais os riscos deste tipo de piercing?
É possível que você desconheça os efeitos colaterais que um piercing oral oferece. Estes efeitos são:
Infecção – A boca contém milhões de bactérias que podem causar infeções depois de um piercing oral. Tocar as partes de metal depois de colocados na boca também torna maior o risco de se contrair uma infecção.
Sangramento prolongado – Caso um vaso sangüíneo seja perfurado pela agulha durante o proce…

ODONTOLOGIA PARA GESTANTES

A gestante pode receber tratamento odontológico? Sem dúvida. Em qualquer idade gestacional, ela poderá ser atendida, embora o segundo trimestre seja o momento mais oportuno, porque, nessa fase ela se encontra num período de maior estabilidade.
Existem riscos quanto à anestesia local? Não existe desde que o dentista conheça o efeito dos anestésicos e as alterações que ocorrem durante a gravidez. As gestantes podem apresentar uma elevação da pressão arterial e isso deve ser levado em conta. 0 dentista, juntamente com o ginecologista, deverá escolher o anestésico apropriado.  
A gestante pode ser radiografada dentista? Pode. No primeiro trimestre (período da embriogênese), as radiografias devem ser evitadas. No caso de tomadas radiográficas serem imprescindíveis, o avental de chumbo deverá ser utilizado em qualquer fase gestacional.
Dizem que, na gravidez, os dentes "estragam" com mais facilidade. Isso é verdade? Não. A gravidez não é responsável pelo aparecimento de cárie e nem pela…

DICAS SOBRE A SAÚDE BUCAL DO MEU FILHO

A Amamentação e a Odontologia A amamentação tem sido incentivada pelas indiscutíveis propriedades físicas, nutricionais e psicológicas do leite materno. É importante para a saúde bucal do bebê, mamando no peito, o bebê respira pelo nariz e é obrigado a morder, avançar e retrair a mandíbula. Isso propicia o correto desenvolvimento muscular e esquelético da face, possibilitando a obtenção de uma boa oclusão dentária. A amamentação é gratificante para a mãe e interfere beneficamente na saúde da mulher, por exemplo, diminuindo a probabilidade de câncer de mama, ajudando na involução do útero e na depressão pós-parto.
Como devo fazer a higiene bucal do bebê? Os cuidados com a higiene bucal do bebê devem começar a partir do nascimento. No recém-nascido, a limpeza deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água limpa para remover os resíduos de leite. Com o nascimento dos primeiros dentes (por volta dos 6 meses), a fralda deve ser substituída pela escova de dental infantil com creme den…

ESCOVAÇÃO NA INFÂNCIA

O momento da escovação dental pode ser prazerosa. Difícil mesmo é convencer os pequenos disto. 


Antes do nascimento dos dentes deve-se iniciar a higiene da boca. Os pais inicia a limpeza da gengiva com uma gaze, um dedal ou escova para ir habituando a criança a realizar a higiene bucal. 

Aos quatro anos, as crianças começam a ter certas resistências as vontades dos pais.  Crie um ambiente para que ela se sinta a vontade quando for escovar os dentes, conte histórias, cante, faça com que seu filho associe o momento como algo agradável.

Seja um exemplo para o seu filho, escove os seus dentes junto com ele, explique o que está fazendo em cada passo: colocando a pasta de dentes, escovando a língua e passando o fio dental.

Mostre como é, ajudando a segurar a escova, escovar os dentes da frente e do fundo. 

Deixe a criança brincar com a escova, não se preocupe se ela morde e destrói a escova, depois da brincadeira utilize uma outra escova diferente para higienizar seus dentes.

Fonte: Por um so…

CASOS CLÍNICOS

ENDODONTIA

Endodontia é a especialidade responsável pelo diagnóstico e tratamento da polpa e do canal do dente.

Quando tratar o canal?
O tratamento endodôntico, conhecido popularmente como “Tratamento de canal” é necessário quando existe uma inflamação irreversível da polpa dentária, geralmente acometida pela doença cárie.
Pode ter outras causas como: -Traumatismos dentais; -Dentes que serão usados como apoio de prótese; -Abscessos de origem tanto dental quanto periodontal (gengiva);
Sinais e sintomas O sintoma geralmente é a dor espontânea latejante que vai aumentando com temperaturas elevadas, podendo diminuir com  gelado. Neste caso o dente ainda apresenta-se com vitalidade.
Quando a polpa já apresenta sem vitalidade a dor pode ser localizada, podendo ter ou não lesão periodontal, que é a inflamação do periodonto (tecido que sustenta o dente no osso). Isso pode ocasionar fistula (bolinha de pus na gengiva), que tende a desaparecer assim que não houver mais infecção. 

Caso não houver tratamento adequado…